Marca Maxmeio Watford
Acesso restrito

Blog

28 de novembro

10 curiosidades sobre a língua inglesa

Esta semana, reunimos 10 curiosidades surpreendentes sobre o idioma.

Confira:

1. O inglês "nativo" tem muitos sotaques e endereços. Ele pode ser britânico, escocês, irlandês, americano, canadense, caribenho, africano, asiático, australiano etc. Isso sem falar nas línguas crioulas e pidgins.

2. A língua tem 26 letras e 44 sons. As 26 letras são usadas para representar os 44 sons de 650 maneiras diferentes.

3. "S" é a letra que mais inicia palavras em inglês.

4. "Strengths" é a maior palavra da língua com apenas uma vogal.

5. "Rhythm" é a palavra mais longa sem vogal.

6. As duas frases mais curtas da língua inglesa são: "Go!" e "I am".

7. As palavras "ewe" (ovelha) e "you" (você) não têm nenhuma letra em comum, mas têm a mesma pronúncia. "Eye" (olho) e "I" também.

8. "Set" é a palavra com mais definições diferentes em inglês (algo em torno de 450!).

9. A palavra "alphabet" é formada pelas duas primeiras letras do alfabeto grego: alpha e bēta.

10. A frase "The quick brown fox jumps over the lazy dog" contém todas as letras do alfabeto inglês. Frases como essa são chamadas de pangramas ou pantogramas (do grego "pan" ou "pantós", todos, e "grama", letra).

Fonte: Revista Exame

23 de novembro

10 razões para você estudar inglês em 2018

Que o inglês é um dos idiomas mais populares e importantes do mundo não é nenhuma novidade pra você, então só pode estar faltando motivação. Se é assim, resolvemos listar 10 razões pra começar a estudar no próximo ano!

1. Mais portas estarão abertas para você
Dominar o inglês pode trazer diversas oportunidades para você, principalmente no mundo profissional. Conseguir emprego, ascender na carreira, fazer viagens profissionais ou até mesmo trabalhar em uma empresa multinacional são algumas das possibilidades, se você tiver um bom nível.

2. Estudar no exterior pode entrar nos seus planos
Você também poderá estudar em outro país, mesmo que inglês não seja o idioma oficial. A fluência tornará mais fácil sua admissão em uma universidade estrangeira, seja na graduação, na pós ou até mesmo em programas de intercâmbio. Você também pode aproveitar que muitas universidades e centros de educação e cultura oferecem cursos no período de férias para dar um "up" na sua formação.

3. Cursos onlines incríveis só estão disponíveis em inglês
Muitas das melhores universidades do mundo, como Yale, Columbia e Stanford, dos Estados Unidos, oferecem cursos online. Vários são gratuitos, mas nem todos têm tradução para o português. Se você souber inglês, isso não será um problema. Fique de olho na plataforma Coursera (https://www.coursera.org), onde eles são disponibilizados.

4. É mais fácil e divertido viajar sabendo inglês
Viajar com inglês na ponta da língua te dará muito mais autonomia, segurança e evitará que você entre em ciladas, confusões ou situações constrangedoras por falta de compreensão. Se comunicando bem, você ainda poderá fazer novos amigos.

5. Você poderá se comunicar com pessoas de todo o mundo
Você pode não só fazer amizades em suas viagens como mantê-las à distância. Você ainda poderá salvar aquele turista perdido ou fazer novas amizades com os estrangeiros que aparecerem na sua cidade. Isso significa estar em contato com muitos povos e culturas utilizando apenas um idioma, o inglês.

6. Você finalmente vai sacar as piadas dos filmes
Com inglês, você pode apreciar melhor os trocadilhos, piadas, metáforas e todas as nuances que são perdidos nas legendas ou dublagens. Aprender a língua também nos faz aprender sobre a cultura, o que inclui as tradições, o humor e a forma de pensar de um povo. Você ainda vai poder assistir a qualquer filme ou série, mesmo sem legenda disponível.

7. Cantar sua música predileta não será mais um mico
Já imaginou soltar a voz em inglês sem constrangimento? Sem aquele amigo te corrigindo? E ainda entendendo tudinho que está sendo cantado? Você não precisará mais recorrer às letras traduzidas para saber o significado e poderá compreender os comentários feitos pelo seu cantor favorito. Imagina que triste seria a Selena Gomez falar algo olhando pra você durante um show e você acabar sem entender nada?

8. Você poderá ler as versões originais dos livros
Nenhuma tradução consegue ser 100% fiel. Durante esse processo, há sempre uma perda literária em relação ao texto original. Há palavras, expressões e formas de escrever que não são possíveis de se traduzir para outra língua. Lendo no original, você terá uma compreensão melhor daquilo que o autor escreveu e terá acesso ao seu estilo literário.

9. Você sempre terá novidades
Muitos livros e artigos científicos não têm versões traduzidas para o português. A maior parte conteúdo da Internet está em inglês. Ou seja, você poderá ter acesso a informações, técnicas e conhecimentos que ainda nem chegaram por aqui.

10. Seu cérebro agradece
Ser bilingue faz bem a saúde. Aprender e por em prática outra língua exercita e desafia o cérebro, ajudando na memorização e prevenção de doenças como o Alzheimer. Olha só!

Se bateu aquela vontade de estudar inglês, vem pro Watford. Matrículas abertas!

Unidades:
Prudente
Av. Prudente de Morais, 6267 – Candelária
(84) 3206-0800

Centro
Av. Deodoro, 802 – Centro
(84) 3222-8606

Zona Norte
Rua Senhor do Bonfim, 12 – Potengi
(84) 3614-9553

Confira também:
5 dicas para escolher uma escola de idiomas

31 de outubro

Halloween ou Día de los Muertos? Entenda as diferenças

O Halloween e o Día de los Muertos são festividades que existem há séculos e, embora sejam realizadas em datas diferentes (31 de outubro e 2 de novembro, respectivamente), têm propósitos bem parecidos. Fantasias, espiritualidade e decorações especiais fazem partes de ambas as comemorações.

Celebrado sobretudo nos Estados Unidos e outros países de língua inglesa, o Halloween é uma mistura de festa cristã e pagã que tem origem em festivais celtas. Atualmente, faz parte da tradição se vestir de "monstro" e visitar vizinhos fazendo a clássica pergunta "trick or treat?", normalmente traduzida para o português como "gostosuras ou travessuras?". Também faz parte dos costumes enfeitar abóboras como "Jack-o’-lanterns", assustar as pessoas e acender fogueiras.

O Día de los Muertos, por sua vez, é uma tradição mexicana que antecede a descoberta do continente americano pelos europeus e também acabou sendo influenciada pela cultura ocidental, após a chegada dos espanhóis. 

Hoje é um grande símbolo nacional desse país latinoamericano e também é comemorado em outros países, inclusive nos Estados Unidos, onde grande parte da população é de origem mexicana. Nesse dia, as pessoas pintam o rosto, usam roupas especiais, preparam altares, fazem desfiles... tudo isso para homenagear quem já se foi. Legal, né?

Tema foi usado em aula de inglês

Como não podia deixar de ser, os alunos de inglês e espanhol do Watford puderam aprender mais sobre as duas festas, praticar os idiomas que estudam e se divertir um monte, claro. No último sábado (28/10), teve Halloween Day com a turma do 4º intermediário da teacher Carol. O dia começou com uma conversação - em inglês, é claro - para entrar no clima da festa com perguntas a respeito da origem, símbolos e crenças relacionadas à data.

Como é Halloween, não deu pra deixar as brincadeiras de fora, então os alunos se divertiram bastante com "Pictionary" e "Trick or treat". Na primeira, os alunos tiveram que desenhar coisas relacionadas ao tema, como "scared", "werewolf", "costumes" para que os outros pudessem adivinhar, enquanto na "Trick or Treat" quem escolhia "trick" tinha que pagar uma prenda e "treat" significava precisar responder perguntas relacionadas ao assunto estudado no semestre. Quem errava pagava uma prenda. Para encerrar a atividade, lanche, muita música e dança!

Alunos de espanhol também tiveram festa

As turmas de nível 1 e 2 de Espanhol, da professora Hayanny e professor Wagner, respectivamente, celebraram o Día de los Muertos. Os professores sugeriram a atividade como forma de apresentar essa típica festa mexicana e que tem como "prima" o nosso Dia de Finados. A ideia é promover o respeito entre as duas culturas e mostrar aos alunos a alegria que é essa festa tão tradicional.

Deu vontade de aprender inglês ou espanhol assim? Vem pro Watford!

19 de outubro

Saiba os nomes de super-heróis famosos em inglês

Com novas séries e filmes, os super-heróis voltaram a ganhar força nos últimos tempos. Alguns dos mais famosos não tiveram seus nomes traduzidos, como Batman (que ainda teve edições onde era chamado de Homem-Morcego) e Aquaman, mas a maioria ganhou versões em português. Será que você já conhece todos? Vamos descobrir.

Esses combatentes com habilidades fora do comum começaram a ser retratados em quadrinhos já no século 20. Entre os precursores, estão Super-Homem e Capitão Marvel (Shazam), que surgiram nos final dos anos 30. Ou seriam Superman e Captain Marvel? Vamos à lista!

Homem-Aranha
Spider-Man

Criado pelo escritor e editor americano Stan Lee, juntamente com artista Steve Ditko, o aracnídeo mais querido do mundo se diferenciava dos demais super-heróis da época por ser um homem normal que ganha poderes após um acidente. Com todas as qualidades e defeitos de uma pessoa normal, além de ser engraçado, o personagem faz sucesso desde sua primeira aparição, nos anos 1960.

 

Super-Homem
Superman

Esse é fácil. Embora o nome em português seja bastante utilizado até hoje, a versão em inglês também caiu na boca dos brasileiros. Ainda vale a pena mencionar que “Smallville”, a cidade onde o foguete do “homem de ferro” aterrissou, chegou a ser traduzida para Pequenópolis, mas não deu muito certo por razões óbvias, né? Haha...

 

Lanterna Verde
Green Lantern

Você já deve estar pensando que sabe todos, mas vamos com calma. Depois de ser chamado de “Sentinela” por algum tempo, no Brasil, o herói emplacou como Lanterna Verde, na década de 1960. A versão em português é uma tradução literal do inglês e remete ao título conferido a quem detém o anel considerado como o mais poderoso da galáxia.

 

Homem de Ferro
Iron Man

Iron, em inglês, quer dizer ferro. Ou seja, Iron Man quer dizer literalmente Homem de Ferro. Tony Stark é um bilionário excêntrico e bem-humorado que constrói uma armadura capaz de feitos incríveis. Garantia de boas risadas sempre.

 

Demolidor
Daredevil

Finalmente chegamos a uma tradução no mínimo polêmica. É que Daredevil é um termo usado para descrever pessoas destemidas, corajosas... A palavra é formada por duas outras, dare (desafio) e devil (diabo), remetendo a algo como “a pessoa que desafia até o diabo”. Então esse super-herói tem uma fantasia vermelha com dois D no peito e chifres. A questão é: Como deixar tudo isso explícito em uma tradução? O jeito foi usar um nome que transmitisse esse sentimento e, ao mesmo tempo, tivesse os dois D. Depois de se chamar “Defensor Destemido” por algum tempo, o diabo de Hell’s Kitchen acabou se tornando o Demolidor.

 

Mulher Maravilha
Wonder Woman

Uma das mulheres super-heroínas, a Mulher Maravilha existe desde os anos 40. Extremamente poderosa, é uma das que têm tradução literal em português. Uma das principais parceiras do Super Homem, ela é fundadora da Liga da Justiça (“Justice League”, em inglês).

 

Punho de Ferro
Iron Fist

Essa é simples. “Fist” quer dizer punho, “iron”, como já dissemos, é ferro. Surgido nos anos 1970, esse personagem é um lutador de artes marciais que herda uma capacidade incrível. Ele pode focar uma força cósmica chamada “chi” em seu punho para dar socos extremamente fortes.

 

Quarteto Fantástico
Fantastic Four

Resolvemos colocar o Quarteto Fantástico na lista não pelo original em inglês, mas pela tradução que o grupo recebeu em português por algum tempo: Os Quatro Fantásticos. Parece tão lógico traduzir “Fantastic Four” como Quarteto Fantástico que fica esquisito, não é?

28 de setembro

25 palavras em inglês que foram aportuguesadas

Diversas palavras que utilizamos hoje em português vêm de outros idiomas e o inglês, lógico, está entre os que têm mais exemplos. Aportuguesar é transformar um vocábulo estrangeiro em portuguesa adaptando sua escrita, como no caso de shampoo, que vira xampu, e stress, que passou a ser escrito como estresse. Confira:

1. Football: Futebol
2. Basketball: Basquetebol ou Basquete
3. Handball: Handebol
4. Poker: Pôquer
5. Surf: Surfe
6. Goal: Gol
7. Team: Time
8. Knock-out: Nocaute
9. Sandwich: Sanduíche
10. Cock-tail: Coquetel
11. Bluff: Blefe
12. Nipe: Naipe
13. Blackout: Blecaute
14. Folder: Fôlder
15. Whisky: Uísque
16. Shampoo: Xampu
17. Club: Clube
18. Hamburger: Hambúrguer
19. Gang: Gangue
20. Delete: Deletar
21. Nylon: Náilon
22. Stress: Estresse
23. Beef: Bife
24. Stand: Estande
25. Container: Contêiner

21 de setembro

Essas 20 fotos provam que a Nova Zelândia é um sonho

A Nova Zelândia se tornou um destino bastante popular entre brasileiros, mas ainda pouco conhecido, se comparado a outros países de língua inglesa. Esse conjunto de ilhas do Oceano Pacífico sempre esteve bastante isolado geograficamente e foi um dos últimos territórios do planeta a ser ocupado por humanos, por isso motivos desenvolveu uma fauna e flora muito peculiares. Com paisagens líndissimas e muitas áreas de preservação, é o local ideal para quem deseja estar em contato com a natureza sem abrir mão de grandes cidades.

Inicialmente ocupada por povos polinésios - que desenvolveram uma cultura local própria muito rica, a cultura maori -, a Nova Zelândia foi colonizada pelo Império Britânico. Hoje é independente, mas tem o inglês como uma de suas línguas oficiais e a Rainha Elizabeth II do Reino Unido como chefe de Estado, mas sem poder político de fato. Um dos países mais desenvolvidos do mundo, é um ótimo lugar para viajar e morar. Confira nossa seleção de fotos e descubra por que esse é um verdadeiro paraíso na Terra.

1. É um excelente lugar para crianças, tanto para viajar, quanto para morar



2. Tem centros urbanos modernos e desenvolvidos, como a capital Wellington



3. Lá está Auckland, 10a melhor cidade para se viver no mundo segundo a ONU



4. As cidades pequenas são lindas e aconchegantes



5. 20% do território são áreas de preservação natural



6. Existem 14 parques nacionais para serem explorados



7. E 34 reservas marinhas, como a belíssima Te Whanganui-A-Hei



8. O golfinho mais raro do mundo está nesse país e você pode nadar com ele



9. Existem outros animais únicos e exóticos, como o pássaro Kiwi, símbolo nacional



10. Você pode praticar muitos esportes radicais



11. E realizar atividades ao ar livre, como pedaladas e piqueniques



12. O país é cheio de praias lindas e muitas são desertas, como essa localizada na cidade de Nelson



13. Você pode nadar em lagos paradisíacos, a exemplo do Waikareiti



14. Você pode atravessar o Tongariro, vulcão ainda em atividade



15. E esquiar em neves montanhosas por lá também



16. Ou pode relaxar em fontes termais, como as do Parque Roturua



17. Você pode conhecer incríveis montanhas no mar, os fiordes



18. É lá que está a Terra Média, do filme Senhor dos Anéis



19. Além de tudo isso, a cultura Maori é fascinante

 

20. Basta ver o haka, uma dança de guerra maori realizada até em partidas de rúgbi



21. Mesmo! E o povo é conhecido por ser atencioso e acolhedor. <3

13 de setembro

12 atores de Hollywood que não falavam inglês na infância

Quem os vê brilhando nas telonas com fluência em inglês mal imagina que essa não é a língua materna deles. Muitos famosos do cinema não são nascidos em países de língua inglesa e fizeram carreira em Hollywood depois de adultos. Listamos 12 nomes pra provar pra você que, com dedicação e força de vontade, aprender outro idioma é possível em qualquer idade.


1. Penelope Cruz

A musa é natural da Espanha e fez muitos filmes por lá antes conquistar o sucesso em Hollywood. Com carreira iniciada nos anos 90, ganhou o mundo nos anos 2000 quando apareceu em "Blow" e "Vanilla Sky", ao lado de Johnny Depp e Tom Cruise, respectivamente. Supertalentosa, foi a primeira atriz espanhola a ganhar um Oscar, sendo premiada por sua atuação em "Vicky Cristina Barcelona", de Woody Allen 


2. Arnold Schwarzenegger

Apesar de ter sido eleito duas vezes governador da Califórnia, tendo nacionalidade americana, o famosíssimo ator Arnold Schwarzenegger nasceu austríaco. Ele se mudou para os Estados Unidos com 21 anos, falando pouco inglês. Estreou nas telonas com "Hércules em Nova York", que teve de ser dublado posteriormente por causa de seu forte sotaque. Fisiculturista premiado, destacou-se em sequências de ação como "O Exterminador do Futuro", onde seu sotaque na frase mítica "hasta la vista, baby" contribuiu para seu sucesso.


3. Jean-Claude Van Damme

Também fisiculturista e famoso em filmes de ação norte-americanos, Jean-Claude Van Damme é na verdade belga, sendo conhecido no meio das artes marciais como "Os Músculos de Bruxelas". Ele fez sucesso a partir dos anos 80 com filmes como "O Grande Dragão Branco", "Street Fighter" e "Soldado Universal".  


4. Jackie Chan

Outra estrela dos filmes de ação que não pode faltar nessa lista é o ator Jackie Chan. Famoso na China desde a década de 1970, estourou nos EUA em 1997, com "Mr. Nice Guy". Atuou em inúmeros sucessos hollywoodianos, entre eles, a franquia de "A hora do Rush" e o remake de "Karate Kid".


5. Rodrigo Santoro

Outro que não pode estrar de fora é o brasileiríssimo Rodrigo Santoro. Depois de muito sucesso na TV e no cinema brasileiros, o ator lançou-se em Hollywood com uma ponta em "Panteras Detonando". Desde então, tem feito carreira por lá, onde já interpretou Xerxes, o vilão de "300", e Raul Castro no filme "Che".


6. Alice Braga

Outra atriz brasileira com nome forte nos EUA é Alice Braga. Sobrinha de outra brasileira com diversas participações em Hollywood, Sônia Braga, ela estreou com o consagrado filme brasileiro "Cidade de Deus" e desde então tem feito diversos longas nos EUA, como 'Eu sou a Lenda', protagonizado pelo astro Will Smith, e 'Ensaio sobre a Cegueira', com Morgan Freeman e Juliane Moore.


7. Marion Cotillard

Queridinha de Hollywood e superpremiada, a atriz é francesa e desde os 19 anos tem estrelado filmes em seu país de origem. Se consagrou aos 32 anos, protagonizando "Piaf – Um Hino ao Amor". Sua carreira internacional conta com filmes como "Origem", "Meia-Noite em Paris", "Nine" e "Inimigos Públicos".


8.  Vincent Cassel

Também nascido na França, Vicent Cassel se tornou conhecido em Hollywood após estrelar 'Elizabeth', ao lado de Cate Blanchett e Geoffrey Rush. Atuou também em 'Doze Homens e Outro Segredo', 'Treze Homens e um Novo Segredo' e em "Cisne Negro". Além de francês e inglês, ele fala fluentemente português e mora atualmente no Brasil, onde também tem trabalhado. Atualmente está em cartaz no brasileiro "O Filme da minha vida", dirigido por Selton Mello.


9. Antonio Banderas

O galã Antonio Banderas é o ator espanhol mais famoso do cinema mundial. Mas só depois de atuar em vários filmes europeus é que o ator estreou em filmes comerciais dos Estados Unidos. Sua fama se fez em filmes como "Filadélfia", com Tom Hanks, "A Balada do Pistoleiro" e "A Máscara do Zorro", hoje ele também é diretor em Hollywood.


10. Salma Hayek

A participação em ‘A Balada do Pistoleiro", também trouxe fama hollywoodiana à bela mexicana Salma Hayek. Desde então ela tem feito papéis de origem latina em filmes norte-americanos, como em "Frida", que lhe rendeu o Oscar de melhor atriz, e "As Loucas Aventuras de James West", ao lado de Will Smith.


11. Gael Garcia Bernal

Outro mexicano que ganhou holofotes em Holywood foi Gael. Tornou-se conhecido em "E sua Mãe Também" e figura como principal nome latino no cinema norte-americano atual, estrelando em "Babel", "Ensaio sobre a Cegueira" e "Cartas para Julieta".


12. Djimon Hounson

Nascido na República do Benin, na região ocidental do continente africano, Djimon Hounson foi descoberto nas ruas de Paris por um agente de moda que o levou inicialmente à carreira de modelo. Estreou no cinema em 1990 e se destacou por suas interpretações em "Amistad", "Gladiador" e "Diamante de Sangue", concorrendo a vários prêmios.

05 de setembro

Relembre os melhores memes de 2017 (até agora)

Setembro acabou de começar, mas já foram criados tantos memes maravilhosos em 2017 que nem soubemos direito por onde começar. Gretchen virou a rainha dos memes, a Cuca ficou famosa internacionalmente e o "ata" se tornou uma das respostas mais comuns da Internet. Mas vamos à lista, porque "sweet dreams are made of this":

Pela deixa, o primeiro meme não poderia ser outro. O clássico dos anos 1980 "Sweet Dreams", da banda britânica Eurythmics, ressurgiu para se tornar, provavelmente, o meme mais popular de 2017 até agora. A música original já vinha sendo utilizada nas redes, mas acabou quebrando a Internet após ser mesclada com funk a partir de um episódio do programa de TV "Casos de Família". Veja os melhores aqui.

Na sequência, não poderíamos deixar de lembrar do mítico encontro dos sósias do ator Vin Diesel, que foi no fim do ano passado, mas que até agora é responsável por algumas das melhores risadas do ano.

O encontro foi proporcionado pelo Programa Pânico e virou meme porque os dois pensavam estar em um encontro com o protagonista do filme Velozes e Furiosos, mas não falavam bem inglês, então não perceberam que estavam sendo "trollados". As diversas caretas dos dois também contribuíram para deixar o momento ainda mais hilário.

Quem também não poderia ficar de fora é ela, que não é um meme, mas uma fonte inesgotável deles: Gretchen. Já famosa pelo rebolado, a diva ganhou a Internet graças às suas caras e bocas. Inclusive, ela chegou a ser vista no exterior quando o BuzzFeed americano publicou um artigo mencionando a brasileira como a "rainha dos gifs".

Outra brasileira que ganhou contornos internacionais foi ninguém mais ninguém menos que a Cuca. Isso mesmo, a Cuca, do Sítio do Picapau Amarelo. E não poderia ser diferente, já que não se vê todo dia uma jacaré de peruca e tão cheia de estilo como ela na Internet. Pelo menos não antes dos memes, né?

E não poderíamos deixar de fora Nazaré Tedesco, né? A vilã da novela Senhora do Destino, interpretada pela atriz Renata Sorrah, em 2004, já fazia sucesso como meme no Brasil e acabou sendo descoberta pelos "gringos".

Outro meme inspirado na vilã foi o Logo eu, que surgiu a partir de uma cena em que ela diz: "Tentou me derrubar? Logo eu? Nazaré Tedesco". Até o Watford entrou na onda:

Para finalizar a nossa lista, temos o "ata", que é utilizado para mostrar indiferença ou desdém com relação a algo, como se fosse o "ah, tá". Os usos são os mais diversos. Por exemplo:

- Nesse semestre eu vou estudar todo dia
- Ata

09 de agosto

10 músicas para você ouvir na praia

Com o sol voltando a dar as caras, a gente vai voltando aos poucos à normalidade. As aulas recomeçam, o guarda-chuva volta pro cantinho dele e as praias ficam cheias no fim de semana. Já que é assim, você precisa dar uma atualizada na sua playlist, né? Foi pra isso que criamos essa lista com alguns hits que vão animar sua praia e fazer você praticar inglês.

1 - Martin Garrix & Troye Sivan - There for You


2 - Lana Del Rey - Summer Bummer


Lorde - Green L

3 - Lorde - Green Light


4 - Zedd, Liam Payne - Get Low


5 - Rudimental feat. James Arthur - Sun Comes Up


6 - Selena Gomez - Bad Liar


7 - Martin Solveig feat. Ina Wroldsen - Places


8 - Imagine Dragons - Thunder


9 - Shawn Mendes - There's Nothing Holdin' Me Back


10 - OneRepublic – No Vacancy


28 de julho

6 festivais gringos para quem ama música

Festivais não são simplesmente eventos que reúnem músicos famosos. Eles representam um estilo de vida ou até (por que não?) uma filosofia que motiva milhares de pessoas a viajarem longas distâncias, tudo isso só pela oportunidade de vivenciar aquilo de perto. Basta lembrar do exemplo de Woodstock, que entrou para a história ao reunir 400 mil pessoas em uma fazenda próxima a Nova Iorque, no fim dos anos 1960, com uma temática bem simples: paz e música. Hoje existem eventos para todos os gostos e nos quarto cantos do mundo, então basta você escolher o seu, planejar a viagem, fazer as malas e partir. Só não esquece do inglês afiado também, tá? Vamos à lista:

1. Coachella (Estados Unidos)



Coachella Valley Music and Arts Festival, Coachella Fest ou simplesmente Coachella é um dos maiores e melhores festivais de música dos Estados Unidos e do mundo. Acontece todo ano, em abril, na cidade de Indio, na Califórnia, onde o público confere mais de cem shows de artistas da cena alternativa, do rock, do hip hop e da música eletrônica. A programação vai de AC/DC a Lady Gaga. De Radiohead ao rapper Jay-Z. O festival é famoso pelo seu cenário desértico, em meio ao Vale Coachella, e pelas instalações de arte montadas entre os palcos e tendas.

Site oficial: https://www.coachella.com


2. Lollapalooza (Estados Unidos)



O nome Lollapalooza é uma antiga expressão norte-americana e significa uma “coisa extraordinária ou diferente”. Essa é a ideia do festival, que anualmente apresenta o que há de melhor em rock alternativo, heavy metal, punk rock e hip hop. O evento, que inicialmente era itinerante pelos Estados Unidos, hoje ocorre em Chicago e em outras quatro cidades espalhadas pelo mundo, entre elas São Paulo. A edição de Chicago normalmente acontece em agosto, no Grant Park, e tem entre as principais atrações deste ano The Killers, Muse, Arcade Fire, Blink-182,The XX e Lorde.

Site oficial: https://www.lollapalooza.com


3. Tomorrowland



É o maior festival de música eletrônica do mundo. Criado em 2005, acontece anualmente na cidade de Boom, na Bélgica. Desde 2015, também é realizado no Brasil, onde ocorre em Itu (SP), e nos EUA, no estado da Georgia. Com um público de quase 200 mil pessoas na edição principal, o Tomorrowland tem uma programação com mais de 100 DJs de todo o mundo que se apresentam, ao longo de duas semanas, no palco principal e em outros 14 espalhados pela área do festival. Entre as atrações deste ano estão Armin Van Buuren, Steve Aoki, Dimitri Vegas & Like Mike, Tiësto, David Guetta e o brasileiro Alok.

Site oficial: https://www.tomorrowland.com


4. Burning Man



Mais de 50 mil pessoas no meio do deserto convivendo durante uma semana e vivenciando cultura e arte. Em defesa da inclusão e da liberdade de expressão, o Burning Man que existe há mais de 30 anos, nos Estados Unidos. Com construções de arquitetura única, bicicletas, veículos em forma de animais e muita música eletrônica, é um paraíso para aqueles que buscam uma vida mais alternativa.

Site oficial: https://burningman.org/


5. Splendour in the Glass



O Splendour in the Grass é um festival de música mundialmente famoso que ocorre anualmente em Byron Bay, na Austrália, desde 2001. Entre as atrações, tem sempre muita música independente e alternativa, com rock, hip hop e música eletrônica. Artistas como The Strokes, James Blake, Queens of the Stone Age e LCD Soundsystem já passaram pelos palcos do evento.

Site oficial: https://www.splendourinthegrass.com


6. Montreux Jazz Festival



Pra quem curte Jazz, música instrumental e improvisação, esse é o festival perfeito. Realizado há 50 anos na cidade de Montreaux, na Suíça, às margens do Lago Léman, conta com uma programação repleta dos melhores jazzistas do mundo e ainda inclui blues, soul, rock e até música brasileira. Diversos astros da MPB, como Tom Jobim, Gilberto Gil, Caetano Veloso e Ney Matogrosso já deram uma palhinha por lá.

Site oficial: https://www.montreuxjazzfestival.com


Deu vontade conhecer algum desses? Todos? Então comece a estudar inglês para poder aproveitar ainda melhor a viagem. Estamos com matrículas abertas!

Unidades:
Prudente
Av. Prudente de Morais, 6267 – Candelária
(84) 3206-0800

Centro
Av. Deodoro, 802 – Centro
(84) 3222-8606

Zona Norte
Rua Senhor do Bomfim, 12 – Potengi
(84) 3614-9553

Confira também: 5 dicas para escolher uma escola de idiomas.

Ver mais