Marca Maxmeio Watford
Acesso restrito

Blog

31 de janeiro

Quem fala outro idioma fica mais inteligente

Você fala ou pretende aprender um segundo idioma? Parabéns. Você ficará ainda mais inteligente. Ao menos isso foi o que apontou um estudo desenvolvido pela Universidade de Edimburgo, na Escócia.

Segundo a pesquisa, que avaliou 262 pessoas, quem fala outra língua ainda amplia a fluência verbal e a capacidade cognitiva. Ou seja, facilita a expressão oral e a compreensão de forma geral. Para chegarem a essa conclusão, os pesquisadores verificaram os níveis dos participantes aos 11 anos e voltaram a estudar o mesmo grupo quando eles já tinham 70 anos. Do total, 195 aprenderam outro idioma antes dos 18 anos e 65 apenas na fase adulta.

Outro aspecto interessante é que os participantes não são mais inteligentes e por isso aprenderam outra língua. Eles simplesmente teriam desenvolvido essa capacidade juntamente com a nova competência adquirida. Para o professor Onofre Lopes Neto, do Watford, esse aprendizado ainda traz experiências ótimas. "Em uma escola de idiomas, o aluno convive com pessoas diferentes e também começa a descobrir a cultura de outros países. Isso é excelente em qualquer idade", explica.

E você? Está esperando o que para aprender inglês e espanhol no Watford?

Com informações da BBC Brasil.

25 de janeiro

6 livros para ler em inglês nas férias

Que tal aproveitar as férias para colocar a leitura em dia e ainda desenferrujar o inglês? Pois é nessa missão que nós vamos ajudar vocês, indicando seis livros e ainda uma série deles. Se você acha que não consegue superar esse desafio de ler em inglês, não se preocupa. Não precisa entender tudo. O mais importante é tentar compreender o contexto e aprender novas palavras. Desafio lançado, vamos à lista:

1 - Alice in Wonderland, por Lewis Carroll

Um clássico, Alice in Wonderland (Alice no País das Maravilhas, em português) não podia ficar de fora da nossa lista. Embora seja bastante conhecida por suas adaptações para o cinema, essa é uma história escrita pelo inglês Charles Dodgson, mais conhecido pelo pseudônimo Lewis Carroll, e sua versão original é tão importante para a literatura que não pode ser ignorada.

2 – The Happy Prince, por Oscar Wilde

Oscar Wilde é, sem dúvida, um dos autores que você não pode deixar de lado quando o assunto é literatura anglófona. Esse irlandês foi o criador de obras aclamadas, como The Picture of Dorian Gray (O Retrato de Dorian Gray) e a coletânea “The Happy Prince and Other Tales”, publicada em 1888.

3 – Robin Hood, por Sally M. Stockton

Você provavelmente já viu algum filme ou ouviu a história de um arqueiro que luta por justiça, tirando dos mais ricos e distribuindo entre os pobres. Robin Hood é um clássico da literatura definitivamente não pode ficar de fora.

4 – The Old Man and the Sea, por Ernest Hemingway

Com uma história humana e que gera profunda identificação com o pescador que batalha e vive a natureza, essa obra é especial. Foi com ele que Hemingway ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1954 e se consagrou com um dos escritores mais importantes do mundo.

5 – Mary Poppins, por Pamela Lyndon Travers

Primeiro da série de oito livros para crianças escrita pela australiana P. L. Travers, Mary Poppins conta a história de uma babá com poderes mágicos. Ganhou versões para o cinema  teatro e rádio, sendo facilmente reconhecida por seu guarda-chuva.

6 – The Hobbit, por J. R. R. Tolkien

Que tal mergulhar em um mundo de fantasia completamente original criado pelo autor inglês J. R. R. Tolkien? Esta obra precede a trilogia The Lord of The Rings (O Senhor dos Anéis), embora a versão para o cinema tenha sido produzida depois. The Hobbit narra as aventuras de Bilbo Baggins (ou Bolseiro, em português), que precisa conseguir parte de um valioso tesouro guardado pelo dragão Smaug.

Bônus - Harry Potter, por J. K. Rowling

Nosso bônus não é um livrinho, mas uma coletânea inteira deles. Aproveite as férias e leia as aventuras do bruxinho mais famoso do mundo em inglês. Ao todo, são sete livros de Harry Potter que vão te dar uma perspectiva completamente diferente da história.

17 de janeiro

Descubra como organizar seus estudos em 2018

Todo mundo sabe que estudar é importante, mas na hora de colocar a teoria na prática não há quem não se enrole pelo menos um pouquinho, principalmente quando se tem o dia super cheio. Com trabalho, faculdade/escola e curso de idiomas, fica difícil mesmo. Mas não precisa se desesperar, a gente vai ajudar vocês com algumas dicas preciosas.

Durma bem
Pode parecer bobo, mas na verdade essa é a base para uma rotina de estudos de qualidade. Com o repouso adequado, você vai ter uma maior capacidade de concentração e memorização.

Determine suas prioridades
Não adianta querer fazer tudo ao mesmo tempo. Você precisa estabelecer uma sequência de prioridades pra poder ir dando um passo por vez. Não é só uma questão de organização, mas de estratégia. Assim você sabe que percurso vai fazer, em quanto tempo e que ferramentas vai usar pra chegar ao seu objetivo.

Estude o que aprendeu logo após a aula É importante revisar o conteúdo da aula no mesmo dia, porque você ainda vai lembrar bem do que aprendeu e assim memorizar melhor. É que dessa maneira seu cérebro vai compreender a importância daquele novo conhecimento.

Fique off das mídias sociais
Pelo menos quando estiver em sala de aula, evite usar celular. A gente sabe que é difícil, mas suas notas vão agradecer. É que as mídias sociais são hoje uma grande distração e, dividindo sua atenção entre a aula e elas, sua capacidade de aprendizagem vai cair.

Pratique atividades físicas regularmente
Assim como um sono regulado melhora seu desempenho, atividades físicas melhoram sua saúde e ainda ajudam a relaxar a mente em meio a uma rotina estressante. Não pense que usar esse tempo para estudar vai ser mais útil. É melhor ter menos tempo com eficiência do que forçar um corpo cansado a estudar.

Escolha bem seu local de estudos
Não vá seguir todos esses passos e no final estudar em um espaço bagunçado e com muito barulho. Concentração também é importante!

Quer estudar inglês ou espanhol em 2018? O Watford está com matrículas abertas!

Unidades:
Prudente
Av. Prudente de Morais, 6267 - Candelária
(84) 3206-0800

Centro
Av. Deodoro, 802 - Centro
(84) 3222-8606

Zona Norte
Rua Senhor do Bonfim, 12 - Potengi
(84) 3614-9553

03 de janeiro

Fazer curso de inglês ou estudar em casa?

Muitas pessoas que desejam aprender inglês têm dúvidas na hora de escolher entre o curso presencial ou à distância. Vamos te mostrar vantagens dos dois modelos de ensino. Mas é importante saber que independente do que você escolher, é preciso muita dedicação para atingir a fluência.

Estudando em casa você tem a possibilidade de criar o seu próprio horário deestudos. A internet será a sua grande aliada na busca por aprender um novo idioma. E você poderá escolher entre estudar sozinho ou em grupo.

Já o curso de inglês oferece toda uma estrutura para facilitar o seu aprendizado. Você terá professores a sua disposição para tirar dúvidas, material de estudo pensado especialmente para o seu nível, unido a conteúdos de jogos, vídeos, ferramentas digitais e atividades fora de sala. Além de você poder fazer novos amigos e aprender com cada um deles, você também poderá escolher se quer aprender de forma intensiva ou tradicional, de acordo com o seu ritmo.

E aí? Te ajudamos?
Se você concorda com a gente que a escola de inglês é o mais interessante, então não esquece de fazer a sua matrícula. Estamos com inscrições abertas!

Unidades:
Prudente
Av. Prudente de Morais, 6267 - Candelária
(84) 3206-0800

Centro
Av. Deodoro, 802 - Centro
(84) 3222-8606

Zona Norte
Rua Senhor do Bonfim, 12 - Potengi
(84) 3614-9553

Ver mais